Domingo, Julho 14, 2024
spot_img
spot_img
spot_img
InícioNotíciasPCA "não quer arranjar os aviões da TAAG porque ele aí não...

PCA “não quer arranjar os aviões da TAAG porque ele aí não rouba”

Miguel Prata confirma as denúncias e acusa Eduardo Fairen Soria, o administrador Executivo e presidente da Comissão Executiva (PCE) da TAAG, de ser o mentor da desorganização que se vive na companhia.

O Sindicato dos Pilotos de Angola acusa a direcção da companhia aérea nacional TAAG de pretender forçar a empresa à falência técnica e confirma as denúncias sobre a existência de vários aviões da frota imobilizados no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, de Luanda ,“por falta de manutenção”.



Informações que circulam nas redes sociais dão conta que muitos aviões estão inoperantes por avaria do sistema de refrigeração e outros voam sem o serviço de entretenimento funcional.

Uma das aeronaves da frota recentemente adquiridas pelo Governo estaria imobilizada no Aeroporto de Adis Abeba, Etiópia, por avaria, “não havendo qualquer sinal das autoridades tendentes à sua reparação”.



Na passada semana, um voo com destino a Cape Town, África do Sul, foi cancelado sob alegação de indisponibilidade de aviões motivada por suposta “manutenção correctiva”, a vários aparelhos. Em conversa com a VOA, o presidente do Sindicato dos Pilotos de Angola, Miguel Prata, confirma as denúncias e acusa Eduardo Fairen Soria, o administrador Executivo e presidente da Comissão Executiva (PCE) da TAAG, de ser o mentor da desorganização que se vive na companhia.



“Ele não quer arranjar os aviões da TAAG porque ele aí não rouba”, acusa o comandante Prata. De acordo com o sindicalista, a prorrogação do contrato de aluguer de aviões à companhia Hi Fly permite ao gestor espanhol obter lucros em benefício próprio.

“Este senhor é um mentiroso compulsivo. Ele disse-nos, no ano passado, que até Março de 2023 iríamos ter sete aviões novos e o contrato com a Hi Fly acaba.

Mas ele já nos comunicou que o contrato foi prorrogado até Setembro deste ano. O problema é que ele quer roubar”, acrescenta Prata.

A VOA tentou, sem sucesso, ouvir a versão da TAAG.

Entretanto, trabalhadores afectos ao Sindicato Provincial do Pessoal Navegante de Cabine (SINPROPNC) realizaram no sábado, 25, uma marcha pacífica de protesto, do aeroporto até à sede da da TAAG contra o “não pagamento do subsídio de inverno, de ajudas de custo, incumprimento do acordo colectivo e tomada de decisões arbitrárias”.

O Conselho de Administração da TAAG emitiu, horas depois, um comunicado no qual “ reafirma o seu repúdio ao que descreveu de “comportamento desleal e lesivo por parte do SINPROPNC que se traduz no não-cumprimento dos acordos assinados, deturpação de dados sobre a TAAG junto da opinião pública e imprensa, cuja postura em nada beneficia o esforço colectivo que todos estamos a empreender para a sustentabilidade da companhia.

Apelamos, por isso, ao regresso à boa relação institucional e diálogo”.

“Contrariamente ao que se fez passar para a opinião pública, existe sim uma solução em vigor que consiste no cartão visa pré-pago com as ajudas de custo ao pessoal navegante, sendo que a medida foi acordada com os sindicatos, em reunião realizada no dia 12 de Janeiro de 2023”, assegura a empresa.



De recordar que o recurso à companhia Hi Fly Malta, que opera com um Airbus A330-300, matrícula 9H-HFA tinha sido justificado como visando “responder a um próximo incremento de voos internacionais, nomeadamente no longo curso e também pelo facto de estarem a submeter-se a algumas inspeções técnicas e manutenções programadas”.



Citado pela agência EFE, Eduardo Fairen Soria tinha dito, em Junho de 2022, que a ideia do Governo angolano era privatizar o sector da aviação, uma vez que, em Janeiro de 2025, o país será abrangido pelo “acordo de céu aberto”, o Mercado Único Africano de Transporte Aéreo (SAATM).Apesar de indicar que a privatização da companhia pode acontecer antes dessa data, o presidente executivo da TAAG ressaltou que, até ao momento, não existe um processo formal, prazo ou conversações, mas apenas manifestações de interesse por parte de grandes empresas.

Fonte: AN

RELATED ARTICLES

1 COMENTÁRIO

  1. Vocês são uns malandrecos e saltitam de mentirita em mentirita!
    Mas quando é que um Presidente de Sindicato, e Comandante de avião, vos iria dizer tamanha barbaridade?
    Tem provas? Ou não passa de manobra da secreta?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE-spot_img
0FãsCurtir
SeguidoresSeguir

MAIS LIDAS