quarta-feira, maio 22, 2024
Home > Notícias > Moto-taxistas esclarecidos sobre regularização da actividade

Moto-taxistas esclarecidos sobre regularização da actividade

Os moto-taxistas do município de Namacunde, província do Cunene, foram esclarecidos esta segunda-feira, em Santa-Clara, sobre o novo Decreto Presidencial n.º 123/22, de 30 de Maio, que formaliza o exercício da actividade de motociclo.

A legislação surge para regularização da actividade de transporte remunerado individual ou colectivo de passageiros e de mercadorias em veículos ciclomotores, motociclos, triciclos e quadriciclos.

Em declarações à Imprensa, a directora do Gabinete dos Transportes, Tráfego e Mobilidade Urbana do Cunene, Geraldina Paredes, disse que os moto-taxistas tomaram conhecimento do decreto, que regula o exercício da actividade.

Lembrou que com este regulamento jurídico a vossa actividade nas estradas, estará mais regrada visto que antes era exercida de forma ilegal no país.

Explicou que o referido decreto, obriga a terem a carteira profissional, colete, capacete, licença do veículo, mas o seguro deixa de ser obrigatório.

Fez saber que serão criadas salas de aula em todas as administrações municipais, para beneficiarem de uma formação, para aprender sobre o código de estrada e obterem a carteira profissional.

Geraldina Paredes lembrou que o objectivo é melhorar a condução nas estradas, visto que tem se registado muitos acidentes, por desconhecimento das regras de condução.

O administrador municipal adjunto para área técnica, infra-estrutura e serviços comunitários do Namacunde, Gilberto Tuleigepo, reconheceu que o serviço de moto-táxi, ganhou espaço no país.

Gilberto Tuleigepo pediu a colaboração dos motoqueiros  para terem mais respeito ao circularem nas estradas para evitarem os acidentes.

O moto-taxista   Estevão Pio destacou a importância da aprovação do Decreto Presidencial n.º 123/22, de 30 de Maio, para que a actividade seja mais valorizada e respeitada.

Na província do Cunene foram registados, no decurso do terceiro trimestre do ano em curso, 87 acidentes de viação, com nove óbitos e 103 feridos, menos sete em relação ao igual período anterior.

Cunene conta com três mil motorizadas.

Fonte: Angop

Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial