Sexta-feira, Julho 19, 2024
spot_img
spot_img
spot_img
InícioNotíciasInscrições para segunda fase da centralidade do Cuito acontecem dia 15 deste...

Inscrições para segunda fase da centralidade do Cuito acontecem dia 15 deste mês

O processo de candidaturas de acesso às habitações da segunda fase da centralidade horizonte do Cuito, na província do Bié, acontece no dia 15 do mês corrente, soube hoje a imprensa.

Segundo uma nota da comissão criada para o efeito, as inscrições vão decorrer em apenas um dia, das 9 às 15 horas, no campo polidesportivo do centro pré-universitário Rei Ndunduma.

Os candidatos devem-se fazer acompanhar do Bilhete de Identidade, para o preenchimento da respectiva ficha de inscrição.

Para o público em geral, que tem uma quota de 15 por cento do total das 376 habitações, a modalidade de atribuição será por sorteio, a realizar-se no dia 18 do mesmo mês.

As instituições públicas e privadas terão quotas atribuídas.

Podem concorrer às habitações cidadãos com capacidade financeira individual ou familiar passível de suportar o pagamento das rendas mensais, que corresponde a 31 mil kwanzas, para propriedade resolúvel, e 122 mil 503 kwanzas e três cêntimos, para arrendamento.   

Para renda resolúvel, o concorrente deve ter um rendimento mínimo mensal de 122 mil 475 kwanzas, enquanto para o arrendamento, o candidato deve ter um salário inferior a este valor.

Os sorteados/beneficiados serão convocados mediante mensagens, para formalização do processo no posto de comercialização da Kora Angola e Fundo Habitacional.

Estão disponíveis 376 habitações, entre apartamento, duplex e moradias, todas da tipologia T3, e 66 lojas.

A função pública tem uma quota de 113 imóveis, os jovens 75, público em geral e empresas públicas e privadas com 56 cada, gestão emergenciais 38, antigos combatentes e veteranos da pátria e pessoas com deficiência com 19 cada.  

A segunda fase da centralidade, além de residências, também possui posto policial, jardim-de-infância, dois institutos médios politécnico, uma escola de formação de técnicos de saúde e uma outra do ensino de base.

As obras da segunda fase iniciaram em Maio de 2021 e terminaram este ano.

Na primeira fase da centralidade, cujas obras decorrem entre 2011 e 2017, foram construídas duas mil 784 habitações, todas já habitadas.

Fonte: Angop

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE-spot_img
0FãsCurtir
SeguidoresSeguir

MAIS LIDAS