Quinta-feira, Julho 25, 2024
spot_img
spot_img
spot_img
InícioNotíciasGoverno garante continuidade de investimentos no saneamento básico

Governo garante continuidade de investimentos no saneamento básico

O vice-governador provincial de Benguela para o sector Técnico e Infra-estruturas, Adilson Gonçalves, garantiu hoje, sexta-feira, a continuidade de investimentos no saneamento básico, para tornar as cidades mais limpas.

Segundo o responsável, que falava no acto de entrega de quatro viaturas de recolha de resíduos sólidos destinados aos municípios de Benguela e Lobito, esse investimento vai potenciar as referidas circunscrições que são as de maior índice populacional.

” Os municípios ora beneficiados são os que mais produzem resíduos a nível dos cascos urbanos, embora esses meios ainda sejam insuficientes”, disse.

O vice-governador orientou, na ocasião, os administradores municipais a primarem por uma boa gestão dos equipamentos, com manutenções periódicas, para melhorarem a imagem das cidades.

Por outro lado, informou que o Governo adquiriu outros meios para, nos próximos dias, reforçarem os municípios da Catumbela e Baía Farta.

Anunciou, ainda, o projecto em carteira de construção de novos aterros sanitários para os municípios de Benguela e do Lobito, cujo levantamento já foi feito e será inscrito no próximo orçamento 2024/2025.

Entretanto, o administrador municipal do Lobito, Evaristo Kalopa Mário, adiantou que os meios vão priorizar a zona alta da cidade e contornar os desafios do saneamento, bem como reduzir os períodos de intervalo de recolha no perímetro urbano.

Já o administrador municipal-adjunto de Benguela, João Tomás António, referiu que os dois meios serão destinados para os bairros com maior concentração de lixo, nas zonas A, B e F, respectivamente.

Informou que o município conta apenas com duas viaturas operacionais e, com estes meios, haverá maior racionalização dos mesmos, olhando para a manutenção que deverá ser seguida pela mesma empresa fornecedora.

O responsável assegurou que a administração tem barcas suficientes e, por isso, haverá mais facilidade de mobilidade na recolha.

Segundo o administrador-adjunto, pela extensão da cidade, são necessárias duas viaturas de recolha para cada zona e o município conta com seis zonas. O município de Benguela tinha apenas duas viaturas funcionais, que agora se elevam para quatro.

Fonte: Angop

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE-spot_img
0FãsCurtir
SeguidoresSeguir

MAIS LIDAS