domingo, maio 19, 2024
Home > Notícias > Actos de vandalismo marcam último adeus a Nagrelha

Actos de vandalismo marcam último adeus a Nagrelha

O último adeus ao músico Gelson Caio Manuel Mendes, ou simplesmente Nagrelha dos Lambas, ficou marcado, esta terça-feira, por actos de vandalismo de bens públicos e privados ocorrido na Avenida Deolinda Rodrigues, em Luanda.

O cortejo fúnebre partiu do Estádio da Cidadela Desportiva, onde pessoas de vários extractos sociais, desde mães com crianças às costas, jovens, adultos e crianças, fizeram-se presente, e tomou contornos diferentes logo após a chegada do corpo ao cemitério da Santa Ana.

Face ao acto de vandalismo e arruaça perpectados pelos cidadãos, a polícia foi obrigada a usar da força para dispersar a multidão que impedia com que o carro fúnebre se fizesse ao interior do cemitério.

Granadas de efeito moral e balas de borrachas foram disparadas pelos agentes da polícia, que procuravam manter o cordão de segurança ao longo da Avenida Deolinda Rodrigues, que foi interditada desde as primeiras horas do dia de hoje.

Carros depredados, motos queimada, assaltos em lojas e desmaios de jovens e crianças, marcaram o último adeus a um dos mais emblemáticos kudurista nacional.

Enquanto decorria o acto de sepultamento de Nagrelha no interior do cemitério, sons de disparos de arma ouvia-se do exterior, onde a polícia procurava dispersar a multidão que a todo custo procurava invadir o campo santo.

Os mais de 800 efectivos disponibilizados para garantir a segurança da população, foram reforçados pela Polícia de Intervenção Rápida (PIR), no intuito de dispersar a multidão que se refugiou na zona do bairro Popular e Rangel, tendo estes ateado fogo em pneus e contentores ao longo da via pública.      

Nagrelha dos Lambas, de 36 anos, faleceu em Luanda, vítima de doença.

O emblemático cantor foi autor de vários temas de sucesso como “Não me Tarraxa Assim”, “Wamona”, “Katronga Violenta”, “Dizumba Grande”, “Banzelo”, “Toque do Nana”, “Comboio”, “Provou e Gostou”, de entre outros temas musicais.

Fonte: Angop

Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial