Sábado, Julho 20, 2024
spot_img
spot_img
spot_img
InícioNotíciasReabilitação da Maternidade 1º de Maio garante melhor assistência às gestantes

Reabilitação da Maternidade 1º de Maio garante melhor assistência às gestantes

As condições de assistência médica à mulher grávida, ou em serviço de parto e pós-parto, em Cabinda, vão melhorar muito com a conclusão, em Março de 2023, das obras de reabilitação, ampliação e apetrechamento da maternidade 1ª de Maio.

As obras de melhoria, iniciaram em Junho do ano passado e são financiadas pela petrolífera Chevron e associadas do bloco 0, um projecto orçado num valor global de seis milhões de dólares norte-americanos.

Actualmente, os trabalhos de reabilitação estão com um grau de execução de 92 por cento e quando terminarem, vão aumentar as capacidades de internamento de 60 para 100 camas, a introdução de novos serviços, como a área de Cuidados Intensivos, para neo-natais e adultos, e um banco de sangue.

O hospital, com três pisos, vai dispor também, dentre outros serviços, de uma sala de pré/parto, parto e pós parto, blocos operatórios, central de esterilização, sala de reanimação, pequenas cirurgias, laboratório de análises clínicas, banco de sangue, sala de ecografia, de enfermagem e consultórios médicos.

A governadora da província, Mara quiosa, visitou, na semana finda, as obras da unidade sanitária para aferir a qualidade dos trabalhos e manter contacto com o empreiteiro da obra para as recomendações pontuais.

Em declarações a imprensa, no final da visita, a governadora disse que a reabilitação do imóvel “é uma clara demonstração do empenho do Governo de Cabinda na busca de soluções para melhorar a qualidade de assistência médica e medicamentosa à população”.   

O sector social, garantiu, vai continuar a merecer atenção especial do Governo de Cabinda, com maior destaque para o da saúde por ser dos que mais causa preocupações a população. “O sector social continua a ser a grande prioridade do Governo e a saúde de forma particular”, reiterou.

A par da ida à maternidade 1º de Maio, a governadora visitou também as obras de abertura do canal de escoamento de águas da chuva, que está a ser feito ao longo da pista do Aeroporto Maria Mambo Café, numa extensão de dois quilómetros, para se evitar as inundações que frequentemente ocorrem junto à pista, impedindo aterragem e descolagem de aeronaves.

As obras de construção de uma escola secundária com dezanove salas de aula, na zona de Chiweca, enquadradas no âmbito do Programa Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), também estiveram na agenda de trabalho da governadora.

Fonte: JA

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE-spot_img
0FãsCurtir
SeguidoresSeguir

MAIS LIDAS