Domingo, Julho 14, 2024
spot_img
spot_img
spot_img
InícioInternacionalPretória nega fornecimento de armas a Moscovo

Pretória nega fornecimento de armas a Moscovo

O Ministério das Relações Exteriores da África do Sul convocou, na sexta-feira, em Pretória, o embaixador dos Estados Unidos da América, para uma reunião sobre as alegações de que o país forneceu armas e munições à Rússia, para a guerra na Ucrânia, soube-se de fonte oficial.

No meio das consequências diplomáticas das alegações dos Estados Unidos, o ministro dos Negócios Estrangeiros sul-africano, Naledi Pandor, vai também falar com o secretário de Estado norte-americano, Anthony Blinken, informou o Departamento de Relações Internacionais e Cooperação da África do Sul, num comunicado publicado na rede social Twitter pelo porta-voz , Clayson Monyela, refere a Reuters.

O  embaixador norte-americano no país, Reuben Brigety, afirmou, na última quinta-feira, em conferência de imprensa,  que a África do Sul tinha carregado armas e munições num navio russo estacionado na Base Naval de Simon’s Town, perto da Cidade do Cabo, em Dezembro passado. As armas foram então transportadas para a Rússia, disse Brigety.

“Nós estamos confiantes de que foram carregadas armas nesse navio e eu apostaria a minha vida na exatidão dessa afirmação”, disse Brigety, classificando o “armamento” da Rússia pela África do Sul como “fundamentalmente inaceitável”, disse.

Na sequência dos comentários de Brigety, o Presidente sul-africano, Cyril Ramaphosa, confirmou que estava em curso uma investigação sobre a visita do cargueiro russo “Lady R” em Dezembro. Essa investigação tinha começado antes de Brigety ter vindo a público com a acusação e utilizaria quaisquer provas que os funcionários dos serviços secretos dos EUA tivessem sobre as alegadas armas, concluiu Ramaphosa.

Fonte: JA

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE-spot_img
0FãsCurtir
SeguidoresSeguir

MAIS LIDAS