Domingo, Julho 14, 2024
spot_img
spot_img
spot_img
InícioNotíciasPresidente da União Africana consulta “Campeão da Paz e Reconciliação”

Presidente da União Africana consulta “Campeão da Paz e Reconciliação”

O novo presidente em exercício da União Africana (UA), o Chefe de Estado da União das Comores, Azali Assoumani, está interessado na experiência do estadista angolano, João Lourenço, em matéria de gestão de conflitos, sobretudo, no que diz respeito aos Grandes Lagos.

A informação foi tornada pública, ontem, em Luanda, pelo ministro da Defesa da União das Comores, Youssoufa Mohamed Aly, no final de uma audiência concedida pelo Chefe de Estado, no Palácio Presidencial, na Cidade Alta.

“O Presidente Azali conta muito com o apoio e conselhos do seu homólogo, o Presidente João Lourenço, tendo em conta a experiência sobre esta matéria e por ser, também, um Presidente que conseguiu estabilizar o seu povo e colocar o país na rota do desenvolvimento”, realçou.

Youssoufa Mohamed Aly, que se deslocou à cidade de Luanda na qualidade de enviado especial para entregar uma mensagem de Azali Assoumani a João Lourenço, esclareceu que o novo presidente em exercício da UA quer contar muito com o apoio do líder da nação angolana para a busca da solução dos problemas de segurança que ainda incomodam o continente africano.

“Por exemplo, temos o conflito no Sahel e no rio Nilo. Estes problemas para serem resolvidos o Presidente Azali quer contar, como ele próprio considera, com o apoio do Presidente Lourenço, como um dos seus melhores conselheiros nesta matéria securitária”, frisou.

Além desta parceria com o estadista angolano para a resolução de alguns problemas em África, o enviado especial disse que o Presidente Azali pretende, igualmente, estreitar as relações bilaterais entre a União das Comores e Angola, pelo facto de os dois países serem detentores de grandes potencialidades.

“Tanto Angola quanto Comores têm potencialidades e nós queremos atiçar a cooperação e reforçá-la a nível social, económico e a todos os outros níveis, de modo que haja um ímpeto não somente para os dois países, mas que poderá, também, possibilitar a que a nível do continente este dê um passo importante”, aclarou.

O Presidente João Lourenço ostenta, neste momento, o título de “Campeão para a Reconciliação e Paz em África”, atribuído pela União Africana, como reconhecimento do engajamento no processo de pacificação no continente, sobretudo, na região dos Grandes Lagos, cuja liderança está sob sua tutela.

João Lourenço fala ao telefone com Félix Tshisekedi

O Chefe de Estado angolano, João Lourenço, falou, ao princípio da tarde de ontem, ao telefone, com o homólogo da República Democrática do Congo, Félix Tshisekedi, para abordar a evolução do processo de pacificação do Leste da RDC.

Segundo a informação, divulgada ontem, na página oficial da Presidência da República no Facebook, os dois estadistas falaram, especificamente, do acantonamento das forças do M23, com base nos entendimentos alcançados no quadro da mediação exercida pelo Presidente da República de Angola.

 João Lourenço preside à Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos (CIRGL) e é, igualmente, o mediador da União Africana (UA) na crise entre o Rwanda e a RDC.

Recentemente, a Assembleia Nacional aprovou o envio de uma unidade do Contingente de Apoio às Operações de Manutenção de Paz das Forças Armadas Angolanas (FAA), no âmbito do processo de paz e segurança na RDC.

  Comores querem capacitar técnicos

Depois da audiência na Cidade Alta com o Presidente da República, João Lourenço, o ministro da Defesa da União das Comores, Yossoufa Mohammed Ali, manifestou a pretensão do seu Governo capacitar os militantes em matérias de organização e política, em parceria com o MPLA.

“Precisamos partilhar os conhecimentos para consolidarmos o trabalho que temos feito, sobretudo, no que diz respeito à conquista do poder”, disse à imprensa após uma audiência com a vice-presidente do MPLA, Luísa Damião.

 A cooperação relançada, frisou, vai permitir que militantes do seu partido sejam formados pelo MPLA, um facto que “congrega uma boa estratégia a ser replicada para o crescimento partidário”.

Youssoufa Mohammed Aly considerou a visita de cortesia muito rica e com vários ensinamentos, tendo em conta “o modelo de organização do MPLA”.

Disse que teve a oportunidade de abordar com a vice-presidente Luísa Damião questões pertinentes para o reforço das relações político-partidárias.

Fonte: JA

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE-spot_img
0FãsCurtir
SeguidoresSeguir

MAIS LIDAS