Quinta-feira, Julho 18, 2024
spot_img
spot_img
spot_img
InícioNotíciasPR aprova novo financiamento para garantir preços baixos nos alimentos da cesta...

PR aprova novo financiamento para garantir preços baixos nos alimentos da cesta básica… e para investimentos de última hora em Luanda, Benguela e Namibe

O Presidente da República aprovou mais quatro créditos adicionais ao Orçamento Geral do Estado de 2022 na véspera de o Governo entrar em gestão corrente, ou seja no sábado, dia 23, situação pouco habitual, visto que raras são as vezes em que o Diário da República é publicado aos fins-de-semana – a única vez em que tal aconteceu este ano foi a 9 de Julho para declarar luto nacional após a morte de José Eduardo dos Santos. Estas despesas extra OGE valem 232,7 milhões de dólares.

Um dos créditos extra OGE2022 destina-se à concessão de subsídios a preços de produtos da cesta básica no âmbito da operacionalização da Reserva Estratégica Alimentar (REA) e vale 35 mil milhões de kwanzas, o que equivale a cerca de 79,8 milhões de dólares, que servirão para manter a estratégia do Executivo angolano para baixar o preço dos produtos da cesta básica.

Neste periodo de pré-campanha e de campanha eleitoral em Angola tem-se registado uma extraordinária baixa de preços dos alimentos que só pode ser explicado pelo forte investimento na sua subsidiação pelo Executivo, visto que no pós-pandemia e no contexto da guerra da Ucrânia os preços estão a subir vertiginosamente em todo o mundo, especialmente em África, onde tem sido drástica, o que tem levado os especialistas a alertar para “uma crise alimentar de proporções inimagináveis”.

Os outros créditos adicionais aprovados pelo Presidente da República (PR) servirão para o pagamento de despesas relacionadas com três províncias: Luanda, Benguela e Namibe.

Para despesas de apoio ao desenvolvimento e do Programa de Investimento Público do Governo Provincial de Luanda, o PR aprovou 25 mil milhões kz (57 milhões USD), enquanto que para despesas relacionadas com os projectos de funcionamento e investimentos da província de Benguela, João Lourenço autorizou 14,7 mil milhões de kwanzas (33,5 milhões USD).

Para os projectos do Governo Provincial do Namibe o Chefe de Estado aprovou o valor de 27,4 mil milhões de kwanzas (62,5 milhões USD).

No Diário da República de 23 de Julho, João Lourenço, que se recandidata a um novo mandato de cinco anos e iniciou a campanha para as eleições de 24 de Agosto no dia 24 de Julho, autorizou igualmente a despesa para a contratação, por ajuste directo, de serviços de manutenção dos equipamentos de inspecção não intensiva da Administração Geral Tributária, no valor de 301 milhões de kwanzas (869 mil dólares).

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE-spot_img
0FãsCurtir
SeguidoresSeguir

MAIS LIDAS