Terça-feira, Julho 16, 2024
spot_img
spot_img
spot_img
InícioNotíciasMotoqueiros reclamam da morosidade na entrega de cartões de subvenção à gasolina...

Motoqueiros reclamam da morosidade na entrega de cartões de subvenção à gasolina – GPL garante que existem muitos cartões por levantar

Vários motoqueiros em Luanda queixam-se da morosidade na entrega dos cartões de subvenção à gasolina, que o Estado atribuiu às classes dos taxistas e moto-taxistas com propósito de atenuar os efeitos da subida do preço da gasolina e dizem não entender a afirmação do Governo Provincial de Luanda (GPL) que diz haver muitos cartões por levantar nas administrações municipais.

Os motoqueiros dizem que estão há três meses à espera dos cartões que garantem terem tratado durante a campanha massiva que decorreu em Luanda, mas uma fonte da direcção dos Transportes, Trafego e Mobilidade Urbana de Luanda, que não quis ser identificada, admitiu existirem atrasos na emissão de cartões, nos últimos tempos.

Entretanto, o Governo Provincial de Luanda diz que há nas administrações municipais milhares de cartões de subvenção por levantar. No entanto, muitos moto-taxistas dizem não saberem de quem são os tais cartões, visto que quando se dirigem às administrações, apenas são informados de que “ainda não estão prontos”.

Estou há três meses à espera do meu cartão de subvenção. Sempre que vou à administração saber, dizem-me que ainda não está emitido”, disse Paulo Jorge, moto-taxista há cinco anos que à imprensa encontrou no Cazenga.

Ainda no Cazenga, Adão Chiquinho, proprietário de uma motorizada que trabalha no serviço de táxi, contou que também está há três meses à espera do cartão.

Em situação idêntica estão vários moto-taxistas com quem à imprensa conversou nos municípios do Talatona, Viana, Kilamba Kiaxi e no distrito urbano do Rangel.

Em Talatona, um motoqueiro contou que tem ido sempre saber à administração sobre o seu cartão, mas a resposta tem sido a mesma, “ainda não está emitido”.

Além da morosidade na entrega dos cartões de subvenção à gasolina, vários motoqueiros denunciam também esquemas, em algumas administrações, para receberem os cartões, facto que a fonte contactada pela imprensa junto da direcção provincial dos Transportes, Tráfego e Mobilidade Urbana nega existir, pelo facto das administrações municipais não emitirem cartões.

“Não é possível, as administrações apenas entregam os cartões. Isso é uma cadeia. Há níveis, quem emitem os cartões e são os bancos comerciais que recebem as listas da Agência Nacional dos Transportes, e quando os cartões estiverem prontos o processo é inverso”, explicou a fonte.

Conforme este responsável, as reclamações destes profissionais, sobre a morosidade na entrega dos cartões, são reais e legítimas, mas assegurou que o assunto está a ser tratado pelo novo director do gabinete provincial dos transportes, que já solicitou as listas de todos os que trataram na campanha massiva.

Este alto funcionário da direcção dos Transportes, Tráfego e Mobilidade Urbana de Luanda, reconheceu que durante a campanha, foram solicitados mais cartões de subvenção para actividade de moto-táxi, contrariamente a classe dos taxistas.

“É muito provável que estes cartões ainda não terão sido produzidos pelos bancos”, concluiu a fonte.

Vale lembrar que no passado mês de Agosto, o vice-governador de Luanda, para o Sector Económico, Gilson Carmelino, afirmou que mais de seis mil cartões de subvenção ao preço da gasolina, dos 12.066 impressos na província de Luanda, ainda não tinham sidos levantados pelos proprietários.

Fonte: NJ

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE-spot_img
0FãsCurtir
SeguidoresSeguir

MAIS LIDAS