Sábado, Julho 20, 2024
spot_img
spot_img
spot_img
InícioNotíciasMinistro do Interior diz que jovens são os que mais estão ligados...

Ministro do Interior diz que jovens são os que mais estão ligados aos acidentes rodoviários no País

O ministro do Interior, Eugénio Laborinho, afirmou em Luanda, que os jovens são os que mais estão ligados aos acidentes rodoviários nas estradas do País, que resultam num elevado número de vítimas mortais.

O ministro afirmou também que o uso de álcool e drogas empurra os jovens para estes acidentes. Eugénio Laborinho considera que a sinistralidade rodoviária é, actualmente, um dos principais problemas de segurança pública e realça que se “assiste a um problema na própria condução dos jovens e que há um défice de formação”. “Em Angola as estatísticas apontam para os jovens dos 18 aos 47 anos, sendo 60 por cento do sexo masculino e 40 por cento do sexo feminino, como os que mais estão ligados aos acidentes rodoviários, registando um número elevado de vítimas mortais e feridos graves”, salientou o ministro esta quarta-feira, na abertura do Fórum Sobre a Sinistralidade Rodoviária.

Os custos económicos e sociais dos acidentes rodoviários, continuou o ministro do Interior, têm custos patrimoniais e morais. Entretanto, Eugénio Laborinho realçou ser preciso não ignorar que a entrega excessiva aos impulsos do momento, como o consumo do álcool, de drogas ou uma simples distracção, podem facilmente pôr fim a uma ou mais vidas. E que os jovens são, tendencialmente, os mais influenciados.

“Só uma alteração de hábitos e alterações das mentalidades dos jovens pode contribuir significativamente e de modo eficaz para a redução da sinistralidade rodoviária, que ceifa milhares de vida”, apontou. O ministro do Interior informou que a nova estratégia de segurança rodoviária irá incidir nas matérias que visam contrariar estas tendências negativas.

De referir que o País registou, só na semana passada (apesar de reduzida), 251 acidentes de viação, que causaram a morte de 51 pessoas e ferimentos em 279 cidadãos. Dos 251 acidentes registados na semana passada em todo o País, 54 foram devido a condução sob o efeito de álcool.

Recorde-se que a sinistralidade rodoviária em Angola representa mais de 50 porcento das mortes por causas externas. No balanço do ano de 2021 foram registados 12.226 acidentes de viação, que resultaram em 2.648 mortes e 12.992 feridos. Luanda lidera o ranking da sinistralidade automóvel com 23,6% dos desastres do País, números verdadeiramente preocupantes.

Fonte: AN

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE-spot_img
0FãsCurtir
SeguidoresSeguir

MAIS LIDAS