Sexta-feira, Julho 19, 2024
spot_img
spot_img
spot_img
InícioDesportoJob deixará efectividade no Petro para se ″aventurar″ no ″Kabu″? - Futebolista recusa falar...

Job deixará efectividade no Petro para se ″aventurar″ no ″Kabu″? – Futebolista recusa falar sobre o assunto

Job e Bento Kangamba, curiosamente, são filhos do Moxico. Essa coincidência é uma condição que alimenta o sonho do empresário em ter no seu Kabuscorp o futebolista. A esse semanário, o atleta mantém silêncio.

O político, empresário e dono do Kabuscorp do Palanca, Bento dos Santos Kangamba, diz estar disposto a “cometer loucura” para ter Ricardo Job Estêvão no seu plantel, confidenciou à imprensa uma fonte próxima ao dono da formação da Rua F do Palanca, emblema que vai regressar ao convívio dos grandes, apontando que quer o futebolista de 35 anos para, pelo menos, uma época.

A este semanário, uma fonte garantiu que Bento Kangamba está disposto a abrir os cordões à bolsa para concretizar um sonho que carrega desde o tempo que o atleta ainda estava no auge da carreira, quando vestia a camisola dos tricolores, equipa rival do Kabuscorp do Palanca.

Segundo a fonte, o facto de ambos, Bento Kangamba e Job, serem curiosamente naturais do Moxico é uma condição que alimenta ainda o sonho do empresário em ter, no seu Kabuscorp, o médio-ala, que, em 2022, encerrou a sua carreira aos 34 anos.

Em 2022, quando anunciou o término da sua carreira no Petro de Luanda, “Puto Maravilha”, como também é conhecido nas lides futebolísticas, recebeu o convite para que se mantivesse na mesma agremiação, mas não como atleta, como funcionário que, desde a data, dá suporte ao Departamento de Marketing do clube fundado a 14 de Janeiro de 1980.

“O presidente Kangamba sempre mostrou ser um fã de Job. Quem acompanha o desporto angolano sabe, de facto, que o atleta terminou a sua carreira de forma prematura, ainda muito tinha para dar ao futebol nacional, mas foi a decisão do clube, que mais tarde deu a oportunidade de o mesmo fazer parte dos seus quadros. Com o convite do presidente do Kabuscorp, a decisão do futebolista está nas mãos dele e poderá comunicar à sua entidade patronal”, confidenciou à imprensa uma fonte ligada ao dossiê.

Fonte: NJ

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE-spot_img
0FãsCurtir
SeguidoresSeguir

MAIS LIDAS