Sexta-feira, Julho 19, 2024
spot_img
spot_img
spot_img
InícioNotíciasInstituto Militar lança 220 novos técnicos

Instituto Militar lança 220 novos técnicos

Duzentos e 20 novos técnicos, formados em Medicina, Enfermagem e Engenharia, foram lançados no mercado de trabalho, esta sexta-feira, pelo Instituto Superior Técnico Militar (ISTM), em acto presidido pelo Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas Angolanas, Altino dos Santos.

Durante a cerimónia de outorga de diplomas, o general de aviação pediu aos formandos dedicação e entrega nas suas áreas, apelando ao seu contributo em qualquer parte do território nacional e nas diversas circunstâncias do ambiente militar, demonstrando as suas valências à dimensão do grande investimento efectuado para garantir a formação, na máxima segundo a qual a “Pátria aos seus filhos não implora, ordena”.

Acrescentou que os novos técnicos receberam valiosos conhecimentos que os habilita a realizar as suas actividades de servir as Forças Armadas e o país com as ferramentas científicas que adquiriram.

Do grupo de formados, constam 43 médicos, 39 enfermeiros, 39 engenheiros electrotécnicos, 43 engenheiros informáticos, 33 engenheiros mecânicos e 23 engenheiros de construção de fortificações.

Em declarações no final do acto, o jovem Danilo Hossi, formado em engenharia electrotecnia, manifestou o sentimento do dever cumprido e alegria, recordando o sofrimento, prometendo dar o seu contributo para a inovação tecnológica no país. “Foi muito sofrimento, esforço e dedicação”, referiu.

Por sua vez, António Paulino, formado em engenharia mecânica, referiu que o seu foco será em contribuir para o desenvolvimento da indústria mecânica, aviação, armamento, bem como progredir e dar solução a tudo que vier.

Assistiram a cerimónia de outorga de diplomas altas patentes das Forças Armadas Angolanas (FAA), oficiais superiores, capitães sargentos, praças e familiares.

O Instituto Superior Técnico Militar (ISTM) é um estabelecimento de ensino universitário militar, enquadrado no subsistema de ensino militar do EMGFAA, criado no âmbito da Directiva do Presidente da República e Comandante em Chefe das Forças Armadas Angolanas, à luz do despacho nº 079 CEMG/FAA, de 07 de Novembro de 2007.

A instituição tem a missão de formar oficiais nas especialidades de Ciências Médicas e Engenharias, para atender os três ramos das FAA.

Fonte: Angop

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE-spot_img
0FãsCurtir
SeguidoresSeguir

MAIS LIDAS