Sábado, Julho 20, 2024
spot_img
spot_img
spot_img
InícioEntretenimentoElisandra Lima fala em impunidade no caso da menina de Benguela: -“Bullying...

Elisandra Lima fala em impunidade no caso da menina de Benguela: -“Bullying não deve ser normalizado”

Após receber uma denúncia do familiar da vítima, do caso de bullying escolar, ocorrido recentemente numa instituição de ensino em Benguela, a influenciadora digital Elisandra Lima, veio a público neste Sábado, 4 de Fevereiro,   partilhar o seu ponto de vista, onde destacou que até ao momento a implicada ainda não foi punida.

Elisandra Lima que aponta a impunidade como factor base para tal comportamento, destacou que até ao momento a instituição não expulsou a estudante que agrediu a colega, mediante a denúncia que a mesma recebeu de um familiar da vítima.

“Não aconteceu nada, com agressora e as suas cúmplices. Por favor, deslizem as imagens e leiam o descontentamento de um familiar da vítima. O Colégio de Benguela não irá expulsar a agressora e a vítima terá de conviver com ela ou a vítima poderá procurar outro colégio. A direcção não fez absolutamente nada! Até o Tik Tok foi mais eficiente que essa direcção”, escreveu.

A influencer que partilhou alguns trechos da conversa, alertou que o bullying não deve ser normalizado, uma vez que em alguns países é visto como crime.

“Não há razões que justifiquem tamanha agressão. Essa ousadia é fruto da impunidade. É o segundo caso de agressão registrado, cometido pela mesma rapariga. Agora me pergunto, quantos actos de agressão essa adolescente tem feito? Bullying não deve ser normalizado! Em outros países, já constitui crime, aqui não resulta em nada”, disse.

Elisandra Lima acautelou que os pais da agressora também reprovaram o comportamento da filha, e adiantou para que a sociedade aguarde o pronunciamento das autoridades competentes.

“A vítima de apenas 12 anos, foi agredida por uma adolescente de 16 anos. Ficará com trauma para o resto da vida. Essa impunidade é que faz as pessoas fazerem justiça com as próprias mãos.
Nota: Os pais da agressora, reprovam o comportamento da filha. Não estão de acordo. Vamos aguardar pronunciamento”, completou.

Fonte: AR

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE-spot_img
0FãsCurtir
SeguidoresSeguir

MAIS LIDAS