Sexta-feira, Julho 19, 2024
spot_img
spot_img
spot_img
InícioNotíciasDetidos três funcionários da Imprensa Nacional acusados de furto e venda ilegal...

Detidos três funcionários da Imprensa Nacional acusados de furto e venda ilegal de documentos

Três funcionários da Imprensa Nacional foram detidos nesta terça-feira pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), no distrito Urbano das Ingombotas, município de Luanda. Os homens são acusados de vender documentos produzidos pela empresa.

Os trabalhadores agora detidos também falsificavam assinaturas e carimbos institucionais para facilitar o processo de quem procura “por um serviço rápido, mas de forma ilegal”, segundo SIC.

O porta-voz do gabinete de comunicação institucional e imprensa da direcção geral do SIC, Manuel Halaiwa, explica que “o grupo era composto por oito elementos, dos quais três efectivos da empresa e cinco homens que não fazem parte da equipa de trabalhadores”.

Os indivíduos, com idades compreendidas entre os 25 e os 47 anos, exerciam as funções de fiel de armazém, técnico logístico e técnico da área gráfica, enquanto os outros cinco comparsas actuavam como compradores dos documentos que depois revendiam na via pública.

Documentos como requerimento para registo inicial de propriedade, boletim de inspecção médico-sanitária para condutores, contrato de trabalho por tempo indeterminado, foram os mais utilizados no esquema destes homens que os comercializavam entre os 1.000 e os 2.000 kwanzas.

Nesta operação foram apreendidos mais de 600 documentos com assinaturas e carimbados.

Os acusados serão encaminhados para o tribunal da comarca de Luanda para julgamento sumário.

Fonte: NJ

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE-spot_img
0FãsCurtir
SeguidoresSeguir

MAIS LIDAS