quinta-feira, fevereiro 22, 2024
Home > Notícias > Detida funcionária que vazou documentos da presidência

Detida funcionária que vazou documentos da presidência

Uma funcionária do Cerimonial da Presidência da República foi detida na tarde de quarta-feira, 27, por divulgar imagens de documentos pertencentes à família presidencial. Os documentos, que continham informações sensíveis, foram amplamente compartilhados nas redes sociais, causando alvoroço e levantando preocupações sobre questões de segurança.

Além das imagens da documentação, a funcionária também divulgou uma lista com 34 nomes que supostamente acompanhariam o presidente João Lourenço em uma viagem privada às Ilhas Seychelles, programada para ocorrer de 30 de dezembro de 2023 a 9 de janeiro de 2024.

Entre os documentos que foram vazados e que foram obtidos pela imprensa, constam até mesmo imagens dos passaportes do Presidente da República e da primeira-dama, Ana Dias Lourenço. A exposição dessas informações pessoais e a violação da privacidade da família presidencial geraram indignação e preocupação entre os cidadãos.

Até o momento, as autoridades da Cidade Alta, sede do governo angolano, não se manifestaram sobre o incidente. Espera-se que uma declaração oficial seja divulgada em breve, esclarecendo os detalhes do caso e as medidas que serão tomadas para garantir a segurança dos documentos e a privacidade da presidência.

O vazamento de informações confidenciais é uma questão séria e pode ter consequências graves para a segurança do Estado e das pessoas envolvidas. As investigações estão em andamento para determinar como a funcionária teve acesso aos documentos e quais foram suas motivações para divulgá-los.

Fonte: LPN

Please follow and like us:

Leave a Reply

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial