Domingo, Julho 14, 2024
spot_img
spot_img
spot_img
InícioEntretenimentoDaniel Nascimento reage ao vídeo passado no programa de Ana Maria Braga:...

Daniel Nascimento reage ao vídeo passado no programa de Ana Maria Braga: “Não sei se a menina que diz ser angolana percebeu o que estava a ser mostrado durante a conversa”

O conceituado apresentador e cantor angolano Daniel Nascimento, usou as redes sociais, nesta quinta, 9 de Fevereiro, para expressar o seu ponto de vista, em relação aos vídeos de guerra, fome e pobreza, usados no programa Mais Você, para descrever Angola.

Após este órgão de comunicação ter divulgado o referido vídeo que revoltou boa parte dos angolanos, Daniel Nascimento não ficou indiferente, e  expressou o que pensava sobre o assunto. O cantor começou por falar que tal acontecimento  demonstra a ignorância do Brasil para com um país com quem tem uma relação bilateral.

O mesmo, sugeriu ainda a apresentadora do programa em causa, que perguntasse a algumas figuras públicas brasileiras que já estiveram em Angola, se por acaso é conforme foi ilustrado no programa, guerras e pobreza extrema.

“Isto revela, infelizmente, uma ignorância atroz que continua a existir sobre um país que o Brasil chama de irmão. Além de existir uma grande comunidade brasileira a VIVER em Angola, são muitos os brasileiros a visitarem o país e que sabem que o que vêem não é o que é mostrado nestas imagens. Pergunte à Ivete Sangalo, Diogo Nogueira, Iza, Alcione, Thais Araújo, Lázaro Ramos, Luciano Huck, Anitta ou, mais recentemente, à Maju Coutinho, se foi o que viram”, escreveu no primeiro parágrafo.

O artista, destacou que alguns lugares mostrados, já não se encontram do jeito que aparecem nos vídeos, pois trata-se de uma fase de guerra que terminou há 20 anos.

Daniel, sublinhou ainda que Angola ultrapassa vários problemas do fórum social, mas que o discurso de Maria Braga podia ser mais abrangente e as imagens mais actualizadas.

“Alguns dos locais que foram mostrados já nem estão como aparecem nessas imagens do tempo da guerra, que acabou oficialmente há 20 anos. Angola tem inúmeros e graves problemas sociais, sim. Isso não é ficção. E não pretendo, com este texto, mascarar a realidade. Mas, como sabemos, contexto é importante. E, neste caso, o discurso, na minha opinião, deveria ter sido mais abrangente. E mostrar também a actualidade. Claro que, para isso, não basta o Google”, refletiu.

O autor de “Carma”, considerou ainda grave o facto da Tina, (a jovem que estava a ser entrevistada), ser angolana, ter visto o conteúdo que estava a ser exibido sobre o seu país, e ainda assim se manter calada.

Em relação ao Programa  e a apresentadora, Ana Maria Braga, que está no comando de “Mais Você”,  há vários anos, o cantor limitou-se a lamentar o  desleito e desinformação.

“Adiante. Não sei se a menina que está a ser entrevistada (que dizem ser angolana) percebeu o que estava a ser mostrado durante a conversa, portanto vou dar-lhe o benefício da dúvida. Quem trabalha em televisão sabe que, muitas vezes, durante a conversa com convidados são passadas imagens a que apenas a produção e os apresentadores têm acesso. Então, sem esse dado não vou criticar o facto de ela não ter corrigido a Ana Maria Braga. Mas se viu e nada disse, é grave. Apesar de eu entender também que pode ter ficado com receio de corrigir a apresentadora e a sua produção. Mas, repito, apenas  se estivesse a ver as imagens. Quanto ao programa e à apresentadora, só posso lamentar o desleixo e sugerir um melhor trabalho de pesquisa. Não é preciso mentir e dizer que é tudo fabuloso, mas não é verdade que a Angola de há 20 anos é a mesma. Ainda que muitos dos problemas do passado permaneçam actuais”, concluiu.

Fonte: AR

RELATED ARTICLES

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE-spot_img
0FãsCurtir
SeguidoresSeguir

MAIS LIDAS