sexta-feira, junho 14, 2024
Home > Crime > Cidadão mata esposa, esconde cadáver e denuncia desaparecimento na esquadra

Cidadão mata esposa, esconde cadáver e denuncia desaparecimento na esquadra

Matou a sua própria esposa, escondeu o cadáver, dias depois, foi a uma esquadra fazer participação como se a mesma estivesse desaparecida. Investigado, descobriu-se que era o autor do crime e acabou sendo detido.

Um cidadão de trinta anos de idade está detido após ser  acusado de ter morto a sua própria esposa, esconder o cadáver e, para sonegar o crime, deslocou-se a um piquete do SIC, para fazer participação, como se estivesse, a esposa, desaparecida.

O facto aconteceu no Município do Icolo e Bengo, no dia 02 de Outubro, quando a família da malograda,  preocupada com o desaparecimento de seu parente, depois de informado, resolveram junto com o marido deslocar-se a uma esquadra para fazer participação do ocorrido.

Entretanto, durante a participação, junto do SIC, indagado, descobriu-se ter sido o marido o autor do crime, isto, depois da tia da malograda ter desmentido informações prestadas por este, em momento de investigação.

De acordo com o porta-voz do SIC-Luanda, Fernando de Carvalho, falando para à imprensa, após um trabalho investigativo, o marido confessou ser o autor do crime e contou que, a data dos factos, enquanto encontravam-se numa feira de roulotes na zona da Funda, o casal consumia bebidas alcoolicas, sendo que, momentos depois, a sua esposa ausentou-se para urinar e pela demora, o implicado entendeu ir ao encontro dela. Segundo testemunhas, acabou encontrado ela por trás de uma roulote em conversas com um jovem desconhecido .

Tomado pelo ciúme, pegou na esposa e a bordo da sua motorizada levou-na a uma zona escura, onde depois de uma discussão, desferiu golpes, conhecendo a morte imediata.

Fonte: CK

Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial