Quinta-feira, Julho 18, 2024
spot_img
spot_img
spot_img
InícioEconomiaAngola tem nova plataforma de transferências móveis

Angola tem nova plataforma de transferências móveis

O Banco Nacional de Angola (BNA) anunciou esta segunda-feira a implementação do “Kwik”, uma nova plataforma de interoperabilidade do sistema de transferências móveis instantâneas, prevista para Janeiro de 2023.

O novo sistema de transferências móveis instantâneas, que será gerido pela Empresa Interbancária de Serviços (EMIS), vai permitir que os clientes dos vários prestadores de serviços de pagamento possam fazer transacções entre si, ou seja, uma interacção com usuários que não tenham a mesma aplicação.  

De acordo com o vice-governador do Banco Nacional de Angola, Rui Miguêns, com a nova plataforma pretende-se que um maior nível de integração nos  sistemas de pagamentos que estão a ser desenvolvidos fora do sistema bancário do país.

Rui Miguêns, que falava esta segunda-feira  no  XI Fórum Banca sobre a Transformação Digital dos Serviços Financeiros,  referiu que, para  além do Sistema de Transferências Móveis e Instantâneas, em 2019 foi lançado o Laboratório de Inovação do Sistema de Pagamentos de Angola ( LISPA), uma iniciativa que compreende uma incubadora para o desenvolvimento de fintechs e outras startups não relacionadas com o sistema financeiro.

Desde 2019, o BNA recebeu 602 candidaturas para os diversos programas, na sua maioria criados por estudantes universitários.  

Para além do LISPA, em Setembro do corrente ano foi lançada a Sandbox, que permite aos criadores de startups fintechsinsurtechs e a outras entidades do país testarem os seus produtos e serviços financeiros no mercado, num ambiente supervisionado pelo BNA, durante um determinado período.

Outro desafio, de acordo com o vice-governador do BNA, é a introdução de soluções de open banking, oficialmente iniciadas com a aprovação, em Outubro deste ano, pelo Comité Executivo do Banco Central. 

Desta iniciativa do open banking, o BNA diz estar a dar passos envolvendo equipas da EMIS e bancos comerciais.​

Fonte: Angop

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE-spot_img
0FãsCurtir
SeguidoresSeguir

MAIS LIDAS