quinta-feira, junho 20, 2024
Home > Desporto > Afrotaças: Equipas angolanas jogam para fase de grupos

Afrotaças: Equipas angolanas jogam para fase de grupos

Os quatro representantes angolanos nas competições sob a égide da Confederação Africana de Futebol (CAF) decidem, este fim-de-semana, a qualificação para a fase de grupos das duas principais provas a nível de clubes.

Trata-se do Petro de Luanda e 1.º de Agosto (Liga dos Clubes Campeões), Académica do Lobito e Sagrada Esperança, que competem para o acesso a Taça da Confederação (Nelson Mandela).

Entre os intervenientes, os petrolíferos (campeões nacionais) estão em condições privilegiadas para chegarem a outra etapa, em função da vantagem (2-1) obtida na sua deslocação ao reduto da União Desportiva do Songo de Moçambique, na primeira ‘’mão’’.

Jogando no seu convívio, os campeões angolanos deverão ser mais cautelosos na abordagem do jogo, para não serem surpreendidos pelo adversário, que leva maior rodagem competitiva.

Os moçambicanos estão com maior número de jogos oficiais realizados no campeonato do seu país, ao contrário dos anfitriões que ainda tem data indefinida para abertura da época futebolística 2023/24.

O desafio será disputado sábado (15 horas) no estádio Tundavala, na Cidade do Lubango, na província da Huila.

Enquanto isso, o 1.º de Agosto, vice-campeão nacional, tem uma tarefa difícil, na sua deslocação a Marraquexe (Reino de Marrocos), reduto emprestado do Al-Hilal Omdurwan do Sudão.

O jogo está agendado para domingo às 19 horas.

Depois do nulo registado na partida da primeira ‘’mão’’, na província da Huila, os militares deverão entrar com outra postura virados ao ataque, na tentativa de ultrapassar este ‘’colosso’’ do futebol africano, com presenças sucessivas nas Afrotaças.

Os angolanos também já são habitués nas provas continentais, com realce para a excelente participação em 2018, quando foram eliminados pelo Esperance de Tunis, nas meias-finais, num jogo polémico com actuação alegadamente tendenciosa da equipa de arbitragem.

Recorde-se que o desafio da primeira volta, em Luanda, o 1.º de Agosto venceu por 1-0, enquanto no segundo turno perdeu, por 2-4, na Tunísia, nas meias-finais.

Na Taça da Confederação, a Académica do Lobito (finalista derrotado da Taça de Angola), recebe domingo, na Tundavala, o Al-Merreikh do Sudão do Sul, para a segunda ‘’mão’’, depois do nulo registado no primeiro confronto em Nairobi (Quénia).

Jogando no seu reduto, apesar de actuar fora da sua província (Benguela), os lobitangas, com uma equipa jovem estão em perfeitas condições de atingirem pela primeira vez à fase de grupos.

Na primeira eliminatória, recorde-se, a Académica afastou o La Passe FC das Ilhas Seychelles.  

Para a mesma prova, o Sagrada Esperança da Lunda-Norte, terceiro classificado do Girabola anterior, recebe o Ferroviário de Maputo de Moçambique.

Na primeira ‘’mão’’, na capital moçambicana, os lundas perderam, por 0-1, um resultado que pode ser superado cá em Angola, caso conseguem corrigir os erros cometidos no terreno adverso.

De resto, aguarda-se por um comportamento diferente das equipas angolanas nesta última eliminatória de acesso à fase de grupos.

Fonte: Angop

Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial