sábado, março 2, 2024
Home > Notícias > Ministro quer disciplina no asseguramento da quadra festiva 

Ministro quer disciplina no asseguramento da quadra festiva 

Ao falar em parada, na cerimónia de lançamento das forças e meios operacionais para assegurar a mesma, apelou à população a colaborar com as forças da ordem, denunciando todas práticas e actos que põem em causa a ordem e a paz social.

O titular da pasta do Interior deixou uma palavra de apreço aos demais órgãos de Defesa e Segurança que, em colaboração com as forças da ordem, irão actuar no cumprimento desta missão de assegurar que a quadra festiva decorra num ambiente de paz e alegria e respeito pelos princípios éticos, morais e cívicos.

 A mobilização, indicou, dos efectivos para o efeito é sinónimo de compromisso com a pátria e com o dever de garantir a segurança dos cidadãos e dos seus bens, assim como a protecção das instituições públicas e privadas.

“Por isso tiveram de abandonar as vossas famílias e o conforto das vossas casas para se dedicarem ao cumprimento desta árdua mas honrosa missão”, exprimiu.

Lembrou que as comemorações da quadra festiva mobilizam uma grande parte da população quer nos centro urbanos quer nas zonas rurais, registando-se o aumento de actividades músico-culturais e recreativas, bem como a circulação interna e inter-provincial.

Por esta razão, disse o ministro, muitos cidadãos procuram adquirir bens essenciais nessa época natalícia e do Ano Novo, para poderem festejarem com as suas famílias e amigos em harmonia e concórdia.

O ministro lamentou o facto de, nesta época, outros cidadãos optarem pela prática de acções delituosas para a obtenção do lucro fácil, causando prejuízos materiais e danos morais e humanos a outrem, para além de criarem alteração à ordem pública e o aumento de insegurança.

Mais de 100 mil efectivos mobilizados para quadra festiva

Cerca de 110 mil efectivos dos diversos órgãos do Ministério do Interior estão mobilizados para garantir a ordem na quadra festiva no país e deverão pautar a sua actuação pela pedagogia e respeito pelos cidadãos.

Fonte: Angop

Please follow and like us:

Leave a Reply

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial