terça-feira, maio 21, 2024
Home > Notícias > Menina que recebeu sangue contaminado com VIH não está infectada com o vírus

Menina que recebeu sangue contaminado com VIH não está infectada com o vírus

A criança de sete anos que recebeu sangue contaminado com VIH, durante uma transfusão no Hospital Pediátrico de Luanda “David Bernardino”, está livre do vírus da Sida, garantiu ontem a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta.

“Todos os testes realizados até agora deram negativos”, disse a ministra em conferência de imprensa, informando que a criança, na altura com hemoglobina baixa, devido a uma anemia, foi acompanhada por uma equipa multissectorial.
Mensalmente, disse, a equipa multissectorial, integrada por psicólogos, médicos do Programa Nacional de Luta contra a Sida e do Hospital Pediátrico de Luanda “David Bernandino”, foi notando o decréscimo gradual dos anti-corpos até ao sétimo mês e o teste final, feito no país, foi negativo.
Para proporcionar segurança à família da criança, o Ministério da Saúde assumiu o envio da paciente para a África do Sul, onde o resultado também deu negativo, disse Sílvia Lutucuta.
Instado a justificar os meandros do caso, a ministra da Saúde disse que a menina recebeu anti-corpos do dador durante uma transfusão sanguínea, tendo os testes serológicos dado inicialmente positivos, mas “graças a medicação feita, não houve a replicação viral”.
“Com o tratamento foi possível evitar que circulantes entrassem nas células, que implicaria a sua replicação”, disse Sílvia Lutucuta, explicando ser este o mecanismo adoptado no corte de transmissão vertical de mães para filhos.

Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial